quinta-feira, 18 de junho de 2015

l . o . v . e

Sobre o dia dos namorados...

São as pequenas coisas que importam;
São os pequenos e inesperados gestos de amor que significam mais;
A felicidade se encontra nas coisas mais simples da vida!

Dia dos namorados atrasado esse ano, mas eu queria dizer que amo muito meu marido e eterno namorado, Jeimes.


“A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e palavras. Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida.”


“Eu só quero ser eu mesma e quero que você me ame pelo que eu sou.”


“Meu amor não é passageiro. Te amarei de Janeiro à Janeiro.” 


 “No amor, equilíbrio não é ter o mesmo peso nos dois lados. É preciso brincar de gangorra para se manter feliz.”


"Deus te criou milimetricamente com aquilo que me falta, e colocou em mim as coisas que por ventura,tu não tem ! 
É como um encaixe. Ele fez tudo com tanta perfeição, com tanto cuidado,que tá aí o resultado: 
Eu sou metade de mim sem você. "


"Amor é quando você tem todos os motivos para desistir de alguém, e não desiste."


"[...] pois eu só quero dessa vida ter um amor somente meu, ter um amor somente meu [...]"


"Então Charlie Brown,
...o que é amor pra você?
- Em 1987 meu pai tinha um carro azul
- Mas o que isso tem a ver com amor?
- Bom, acontece que todos os dias ele dava carona pra uma moça. Ele saía do carro, abria a porta pra ela, quando ela entrava ele fechava a porta, dava a volta pelo carro e quando ele ia abrir a porta pra entrar, ela apertava a tranca. Ela ficava fazendo caretas e os dois morriam de rir.
...acho que isso é amor."


"Não há no universo poder maior do que o poder do AMOR. O sentimento de amor é a frequência mais alta que você pode emitir. Se você pudesse envolver cada pensamento com amor, se pudesse amar tudo e todos, sua vida seria transformada." (O Segredo)


É você que eu queria
É você que tinha que ser
É você que amarei pra sempre



"Não deixe de acreditar no amor, mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá, manifeste suas idéias e planos, para saber se vocês combinam, e certifique-se de que quando estão juntos aquele abraço vale mais que qualquer palavra..."
(L. F. Veríssimo)


O meu amor por você vai além das estrelas, além do mar, e além de todo o infinito, porque nunca ninguém vai ocupar o seu espaço no meu coração! 


"Casar é namorar todo dia. É estar inteiro em cada troca de olhar, em cada toque, em cada conversa, em cada gesto, em cada beijo."


"O amor não morre. Ele se cansa muitas vezes. Ele se refugia em algum recanto da alma tentando se esconder do tédio que mata os relacionamentos. Não é preciso confundir fadiga com desamor. O amor ama. Quem ama, ama sempre. O que desaparece é a musicalidade do sentimento. A causa? O cotidiano, o fazer as mesmas coisas, o fato de não haver mais mistérios, de não haver mais como surpreender o outro. São as mesmices: mesmos carinhos, mesmas palavras, mesmas horas... o outro já sabe! Falta magia. Falta o inesperado. O fato de não se ter mais nada a conquistar mostra o fim do caminho. Nada mais a fazer. Muitas pessoas se acomodam e tentam se concentrar em outras coisas, atividades que muitas vezes não têm nada a ver com relacionamentos. Outras procuram aventuras. Elas querem, a todo custo, se redescobrir vivas; querem reencontrar o que julgam perdido: o prazer da paixão, o susto do coração batendo apressado diante de alguém, o sono perdido em sonhos intermináveis e desejos infindos. Não é possível uma vida sem amor. Ou com amor adormecido. Se você ama alguém, desperte o amor que dorme! Vez ou outra, faça algo extraordinário. Faça loucuras, compre flores, ofereça um jantar, ponha um novo perfume... Não permita que o amor durma enquanto você está acordado sem saber o que fazer da vida. Reconquiste! Acredite: reconquistar é uma tarefa muito mais árdua do que conquistar, pois vai exigir um esforço muito maior. Mas... sabe de uma coisa? Vale a pena! Vale muito a pena!"
Pedro Bial

terça-feira, 16 de junho de 2015