segunda-feira, 6 de junho de 2016

Amanhã estará tudo bem


"Talvez não seja hoje.


Talvez ainda me venha à vontade de querer morrer no meio da madrugada molhada por algumas lágrimas com gosto de fel. Hoje ainda me sentirei uma idiota por ter visualizado e respondido aquelas mensagens no whatsapp tão apressadamente; talvez hoje eu me arrependa por ter salvado aquele contato de maneira tão carinhosa. Mas isso só hoje, porque amanha estará tudo bem.


Pode ser que leve algum tempo para eu sentir o vento acarinhar meu rosto, e não o ferir como tem feito nos últimos tempos. Pode levar tempo para que as coisas que me faziam tão bem parem de me fazer mal. Pode ser que eu demore a entender que lutar contra a maré é desperdício de tempo e força. Talvez seja por isso que ando tão exausta.


Vai doer até mesmo quando o liquidificador triturar as frutas da minha vitamina logo pela manha; aquele ruído agudo e ensurdecedor irá parecer interminável. Inúmeras coisas irão fazer com que eu perca o equilíbrio, e não falo somente do salto que sou obrigada a calçar todo o santo dia. Mas isso só acontece porque eu sou de verdade.


Eu já vivi inúmeras situações parecidas com essa – algumas até piores -, mas dessa vez os sintomas vieram de maneira desacertada. E nem as doses cavalares de floral foram capazes de amenizar. A verdade é que eu não sou obrigada a ser 100% forte o tempo todo. Também não posso fingir que estou feliz enquanto estou juntando meus cacos um a um.


Hoje as coisas não estão boas. Nem as mais alegres melodias do Chico foram capazes de me fazer sacudir a poeira, e querer sambar em cada esquina como se fizesse parte de algum enredo de escola de samba. Mas eu sei que amanhã eu estarei cantarolando cada refrão com um sorriso estampado na cara.


Hoje eu ainda preciso lidar com alguns finais. Vou ter que excluir meu histórico de busca, deletar algumas fotos, e contatos, também terei que atear fogo em alguns presentes, inclusive em alguns passados; hoje eu tenho que passar por tudo isso, hoje eu tenho que despedir de mim mesma para dar espaço ao meu eu novo. E amanhã estará tudo bem.


Preciso parar de procurar aquilo que eu não quero encontrar. Eu sei que vai passar; e quando isso acontecer, eu nem vou me dar conta, porque ai já não será mais da minha conta.
Hoje eu preciso lembrar-me dos motivos que ontem eu tinha para comemorar, e amanhã já estará tudo bem."



quarta-feira, 16 de março de 2016

Hoje é um dia triste, um dia para falar de dor. 
Hoje faz um mês que eu passei pelo pior dia da minha vida, e esse dia marcou o resto da minha vida também, que nunca mais será a mesma, eu não serei mais a mesma, pois uma parte de mim se foi, perdi uma parte do meu coração. 
Há um mês perdi meu irmão, meu guerreiro.
Não consigo me conformar, ainda não consigo acreditar!
Pois, no mínimo, essa não é a ordem natural das coisas. A ordem natural é, por exemplo, que todos acreditam que irão perder primeiro os pais, avós, etc, que são mais velhos que nós, e de certa forma, em algum lugar dentro da gente, vamos nos preparando pra eles partirem antes de nós.
Mas eu perdi meu irmão mais novo, de 20 anos. Isso não está certo!
É a pior pessoa que eu poderia perder, pois era meu único irmão, e eu nunca mais terei outro! E eu acreditava (tá, ainda acredito) que os irmãos são realmente as únicas pessoas com quem poderemos contar para sempre, são nossos companheiros, aqueles que não irão nos abandonar. E eu tinha certeza disso quanto ao meu irmão, eu poderia contar com ele em qualquer hora e em qualquer lugar. Ele sempre me ajudou, nunca me disse não.
E agora me sinto sozinha no mundo, sem alguém pra contar quando meus pais tiverem partido, por exemplo (se a vida seguir o curso natural e eu perdê-los antes de partir).
Faz um mês e eu sinceramente não sei ainda como vai ser, como vou viver com isso.
No momento minha vida está um loucura, então mal sobra tempo de pensar e respirar. Mas quando paro, penso e lembro, dói demais e não dá vontade de mais nada. Porque o mundo está perdido, só tem gente ruim, egoísta, mentirosa, a vida é uma filha da puta e tudo isso levou ao que aconteceu!
Não quero aceitar e às vezes acho que ele vai aparecer, que estava viajando e vai voltar.
A vida muda completamente diante de uma situação dessas! Minha vida virou de cabeça pra baixo, do avesso.
É só imaginar que a nossa vida é uma caixa. Uma caixa cheia de coisas dentro. A caixa é virada de cabeça pra baixo e chacoalhada até cair tudo de dentro dela, tudinho.  Então, depois que caiu tudo, a caixa é desmontada e montada do outro lado (do avesso), fica tudo ruim, tudo torto, não monta direito. Depois precisa pegar todas as coisas que estavam dentro dela e colocar de novo, mas não cabe tudo, fica tudo espalhado, tudo bagunçado, tudo errado. Não dá! É mais ou menos assim...
E depois disso, ainda aconteceu (e está acontecendo) tantas outras coisas que não dá pra acreditar! Tantos problemas, tanta briga, tanta guerra, gente otária, insensível, que PORRA! 
É bem aquela coisa, quando você acha que já se fodeu o suficiente, vem a vida e te diz nãããooo, você tem que se foder mais um pouco. 
E chega uma hora que você cansa de ser forte. Eu estou cansada de ser forçada a ser forte pra ver até onde eu aguento. 
Aí com tudo isso, depois de tudo que aconteceu,  o que eu estou fazendo, infelizmente, é mandando tudo a merda. Já não me importo mais com metade das coisas que eu me importava. Pra quê?

Só rezo e espero que meu irmão esteja melhor, com Deus, descansando em paz.
Porque aqui tá foda!




sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Encerrando ciclos

Hoje é meu último dia de trabalho na Josefine Decor. Estou aqui desde o dia 13 de julho de 2012, completando hoje 3 anos, 6 meses e 23 dias.

Certamente foi o lugar onde trabalhei que mais aprendi, cresci, evoluí e amadureci. 
Adquiri uma ótima experiência e uma bagagem de vida que levarei para sempre.
Comecei como vendedora e estou saindo como supervisora de loja.
Também foi o lugar que trabalhei onde mais me identifiquei e gostava realmente do que estava fazendo. O mundo da decoração me encanta, me fascina, e lidar com as pessoas é um novo desafio a cada dia. Foi aqui onde me desenvolvi melhor e percebi ter qualidades e aptidões que eu nem imaginava.

Foi um período muito bom, e que eu sentirei saudades sim, mas sabe quando você sente que o ciclo está se encerrando?
Eu acho que já aprendi o que deveria aprender aqui e fiz tudo que poderia ter feito, sinto que cumpri de certa forma meu papel e decidi que era hora de mudar, buscar por experiências novas, outras áreas, outros ares.
Foi uma decisão difícil de ser tomada, mas me sinto feliz por ter decidido assim, estava na hora. Não adianta insistir quando percebemos que o tempo passou para determinada coisa.

Do que eu mais sentirei saudades?
De uma chefe mãezona e amigona, que eu provavelmente não encontrarei melhor.
De colegas de trabalho divertidas e amigas, que mesmo distantes, eu sabia que podia contar.
Da colega de trabalho que se tornou amiga, mas que eu não verei mais todos os dias. 

Mas é assim, vida que segue, tem coisas que continuarão na minha vida e outras que ficarão no meu coração.

Segue algumas fotos da lindeza que é a loja:












quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Como se ele lesse meus pensamentos, olhou diretamente para mim, como se nada mais estivesse ao nosso redor. Ele era bem reservado, não demonstrava abertamente seus sentimentos e não era legível, eu por outro lado, era transparente como cristal.
Não conseguia esconder ou ao menos disfarçar, o quanto aqueles olhos me afetavam, o quanto nossos corpos agiam como ímãs. Tudo em nós combinava, inclusive um sentimento nos unia e brincava dentro de nós quando nossos olhares se cruzavam. Parecia ser estranho sentir isso, com toda a intensidade que tinha.


Leia mais: http://www.sabiaspalavras.com/sansacoes/#ixzz3zCOLdzzR

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Dicas

Na medida do possível tento seguir essas dicas de alimentação pré e pós treino, me faz muito bem!


domingo, 31 de janeiro de 2016

Quando a vida lhe der um “não”… Agradeça!

Parece muito antagônico o título, concorda? Como assim agradecer um “não”? Eu não!! Mas lembre-se que muitos “nãos”  da vida nos trouxeram onde estamos hoje. Nem sempre um “não”  é o fim, pelo contrário, pode ser o começo de uma nova jornada. Quando você receber seu próximo “não”, uma porta fechada, um desvio no olhar…siga em frente e perceba que talvez seja a hora de fazer diferente, de buscar novos projetos, novas oportunidades, novos amigos, relacionamento, etc. Nem sempre o que queremos é o que realmente precisamos. Pense nisso. Muitas vezes só nos resta agradecer, pois poderemos ver que, no futuro, foi melhor ter recebido aquele não do passado.
Não desanime, não se sinta fracassado. O “não” existe e todos iremos conhecê-lo cedo ou tarde. Pode ser que seu “não”  seja para lhe ensinar algo. Um “não” pode nos deixar mais humildes, por exemplo. Pode nos oferecer aquela pousa reflexiva para um melhor entendimento da próxima escolha. Amadurecimento.
Não encare um “não”  como um inimigo, pois pode te abrir portas melhores no amanhã. Então, agradeça seu “não” de hoje e siga em frente, aprendendo sempre!


Leia mais: http://www.sabiaspalavras.com/quando-a-vida-lhe-der-um-nao-agradeca/#ixzz3ydr52KEk



sábado, 30 de janeiro de 2016

"Algum dia, todos nós iremos morrer, Snoopy! 
É verdade, mas em todos os outros dias, não."


sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Roxo

Amoooo essa cor, esse tom de roxo escuro!
Fica lindo na decoração, na moda, na make up, pra homem e pra mulher.
Linda linda linda *_*






Você percebe os sinais que a vida manda?



Lembre-se de uma situação bem desagradável que já aconteceu com você! Talvez uma traição num relacionamento, uma mentira descoberta, uma briga grave ou algo assim. Agora, sem abusar do lugar de vítima, tente retroceder esse acontecimento na memória, como se fosse um filme que pudesse ser rebobinado em câmera lenta. 


A ideia é que você perceba que antes do caldo entornar ou da porca torcer o rabo ou do pior ter acontecido, alguns sinais foram dados. Se você reparar bem, nada acontece da noite para o dia, ou do nada, como muitos preferem acreditar. Além disso, tudo o que faz parte da nossa história, sempre inclui a nossa participação, de uma forma ou de outra. Ou seja, nunca somos somente passivos. Há algo de nós que está ativo em qualquer circunstância e que precisa ser considerado se quisermos aprender alguma coisa. Nem que seja como não cometer o mesmo erro infinitas vezes.

O fato é que a vida sempre nos manda dicas, sinais, avisos sobre estarmos ou não estarmos no caminho certo. Mas, geralmente, ignoramos, não estamos atentos. Simplesmente insistimos no mesmo, no cômodo, no conhecido. E quando dá errado, imediatamente vestimos a carapuça de vítimas. Vítimas do outro, da injustiça do mundo, do raio que o parta. Nunca vítimas de nós mesmos, das armadilhas que nós mesmos armamos contra nossa chance de ser feliz.

Se repararmos bem, diante de grandes dores que vivemos não de todas, é claro, mas de muitas delas poderíamos ter evitado de alguma forma. Ou amenizado o desastre, pelo menos. Quer exemplos?

Muito antes de um relacionamento terminar, poderíamos ter sido mais atentos, ouvido mais, tentado melhorar em algum aspecto? Muito antes de uma traição, poderíamos ter nos interessado mais, elogiado mais, criticado menos? Diante de agressões, poderíamos ter buscado ajuda, investido em nossa autoestima?

Veja bem, não se trata de chorar pelo leite derramado, nem acreditar que seja possível viver uma vida sem erros, enganos e dores. Não se trata, tampouco, de se afundar numa culpa inútil. Não é isso! Afinal de contas, é o erro que, em última instância, nos proporciona a chance de descobrir como acertar, muitas vezes.

Estou falando de parar de acreditar que a vida é mesmo tão difícil, tão exigente de sacrifícios, tão cheia de dores. Estou falando de olhar o outro, o amor e as relações por um viés mais claro. Tem a ver com abrir os olhos e ver; manter-se atento ao que acontece ao seu redor. Tem a ver com intuição, percepção, sensibilidade. Talvez uma combinação equilibrada entre razão e emoção, visível e invisível, o que se diz e o que se cala.

Se queremos acertar, precisamos antes admitir que nem sempre sabemos como. Mas podemos aprender. E isso se faz com atenção! Quanto mais abertos estão a nossa mente e o nosso coração, mais teremos condições de avaliar e escolher de que forma e para qual direção daremos o próximo passo.

Então, chega de botar a culpa por sua tristeza e infelicidade no mundo, como se você nada pudesse fazer para mudar isso. Você pode! Aos poucos, devagar. Sobretudo, mantenha-se acordado para a vida, porque ela está ao seu favor, e sempre manda sinais. Sem dúvida, sinais de amor.



Vi no face esse texto, amei. Mas não sei de quem é!
Os últimos dias, semanas, não tem sido fáceis!







quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Cantinho lindo!

Amei tudo! O estilo do sofá, o cacto ao lado dele, a composição de quadrinhos na parede, as mesinhas de centro! Perfeito!

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Apague o que não lhe serve, livre-se do lixo. Você merece!

Num copo cheio não cabe mais água. Esse é um dos princípios fundamentais de qualquer tipo de mudança. É impossível mudar drasticamente sua vida e reescrever sua história sem dedicar um tempo para fazer uma limpeza em sua bagagem de experiências acumuladas.
O quebra-cabeças de sua vida sempre formará a mesma imagem se utilizar as mesmas peças, não importa o quanto você mexa com elas.
Encare a renovação consciente de sua vida com um recomeço total. Você não precisa pensar muito profundamente e se perguntar como será sua vida daqui 5 anos ou qual sua missão na Terra. Porque todos esses processos te levariam às suas ideias antigas, que, além de tudo, consumiriam muita energia.
Comece retirando todo o lixo de sua vida. Físico, energético e mental.
O acúmulo descontrolado do passado leva a duas coisas:
1. Recriação infinita dos mesmos padrões. A vida começa a se parecer com um dejà vu.
2. Desaceleração do ritmo de vida, quando você vê aquelas pessoas que parecem fazer três vezes mais que você e não entende de onde elas tiram tempo para fazer tudo isso. Elas aceleram quando é necessário.
Deve ser feita uma grande limpeza em três dimensões: passado, presente, e não se espante, o futuro. Sim, em seu futuro há muito lixo em forma de suposições sobre como ele será. Portanto, também precisa de uma limpeza profunda.
Proponho começar com o presente. É a dimensão mais concreta porque está situada aqui e agora. Se desfazer completamente da sujeira que está no seu interior e a sua volta te dará muita força e novas energias, que serão necessárias mais adiante.
O principal é retirar os assuntos pendentes de sua lista de afazeres.
A primeira coisa é organizar seus assuntos e fechar as tarefas pendentes há muito tempo. Se não pode realiza-las, cancele-as. Elimine-as de sua lista de espera. Isso trará uma enorme fonte de energia nova.
Vamos explicar tudo isso com mais detalhes:
1. Descarte o lixo
Retire todo o lixo. Para começar, de sua casa. Jogue, presenteie ou doe tudo o que não precisa. Mas não guarde em uma caixa pensando que poderá doar algum dia. Faça realmente. Não deixe nada em sua lista de espera.
O que significa o lixo?
É tudo aquilo que não necessita. Ou melhor, aquilo que não utilizou no último ano, deve ser presenteado, doado ou jogado fora.
• A roupa que não usa.
• A maior parte das bugigangas, exceto aquelas que realmente trazem comodidade em sua casa (devem ser muito poucas).
• Pratos que não usa mais, aparelhos eletrônicos com defeito.
Quanto mais coisas descartar, melhor para você. Entenda que cada coisa, literalmente, é parte de sua energia. Analise friamente e leve para sua nova experiência somente o que necessite ou te faça feliz. Assuma essa tarefa com a seguinte pergunta: «Quero ficar com essa energia ou liberar lugar para uma nova?»
Em um copo cheio não cabe mais água.
Você mesmo esvazia seu copo. A quantidade de vezes que esvaziar, será proporcional à falta que fará no copo. Se te incomodar retirar a água, não se surpreenda de não haver mudanças em sua vida.
De acordo com a quantidade de coisas que descarte, saberá se está preparado ou não para algo assim.
2. Apague os arquivos
Tirar o lixo não é nada. Porque também chegou o momento de apagar os arquivos. Quanto tempo você gasta em seu computador ou na internet? Também é um espaço seu, ainda que virtual. Portanto, também é parte de sua energia.
Estamos acostumados a armazenar tudo no computador. Por que apagar se tudo cabe no disco rígido?
O princípio que aqui se aplica é o mesmo. Limpamos e liberamos energia. Deixe somente aquilo que lhe agrade ou represente algum valor emocional para você. Para que guardar um filme que você não gosta? Para que ter arquivos velhos e inúteis? Quanto mais peso carregar, menor é sua velocidade. Quer desacelerar sua vida ou liberar espaço para algo novo?
Não somente seu computador pessoal requer uma limpeza, mas também o computador do seu trabalho, e todas suas contas, de redes sociais, blogs, sites, etc
3. Organize sua casa, atribua lugares às coisas, sistematize os arquivos
Nunca fui adepta de uma limpeza profunda, inclusive por muito tempo, apoiei uma desordem criativa tendo como pretexto meu amor pela arte.
Agora lhe direi o seguinte: uma ordem harmoniosa (não fanática, mas sistematizada enquanto cada coisa tem seu lugar), é uma garantia de eficiência, especialmente se já chegou a hora de acelerar o passo.
4. Filtre a informação que entrar
A limpeza e a ordem também são necessárias para a informação que você recebe. Toda informação é um alimento para sua mente, e de sua qualidade depende o funcionamento de seu cérebro. Já ouviu falar de uma «intoxicação de informações»? É um mal que afeta muitas pessoas. Leem tudo na internet caoticamente, compartilham sem parar as frases de grandes personagens históricos, atrofiando dessa maneira a capacidade de escutar a voz de sua alma.
A informação tende a se acumular, não se retira isso de nosso subconsciente. Logo, é preciso filtrá-la bem. E deixar entrar somente aquilo que represente algum valor ou aplique novos conhecimentos em sua vida
Lhe convido a fazer o seguinte:
A. Limpe sua lista de amigos.
Elimine aquelas pessoas que não te inspiram ou cuja filosofia é diferente da sua.
B. Limpe a lista de publicações que vê.
Elimine ou oculte aquelas pessoas cujas notícias te incomodam. Especialmente aquelas que publicam os eventos negativos que acontecem no mundo.
C. Determine o conjunto de blogs ou sites que vai ler.
Meu princípio fundamental para determinar o valor de um recurso, é a sua repercussão em mim depois que o leio. Quando você ler algo e sentir algo em seu interior, essa é a página correta para você!
5. Termine de eliminar seus assuntos pendentes ou cancelá-los
É importante terminar todas as tarefas da lista de espera: movê-las para o estado de «em processo» e realmente fazer algo para concluí-las ou então, cancelar. Melhor dizendo, é nesse momento em que você deverá acabar com uma tarefa e não voltar a vê-la, ou arrastá-la consigo para sempre. Deverá sentir em seu interior que todas as suas pendências estão finalizadas, estando elas em marcha, e não ‘penduradas’. É o primeiro passo para se perguntar «O que eu quero dessa vida?» e seguir adiante em direção às mudanças.
Para concluir, o processo de limpeza geral, se consiste em dois pontos chave: retirar o lixo em todos os níveis, e organizar seus assuntos, incluindo a corrente de informações que você recebe.
Ajuste seus canais de maneira que você receba apenas informações de qualidade e úteis em doses moderadas, e verá como seu mundo irá melhorar.
Somente será possível se recriar desde o início quando se der conta de que suas experiências antigas não poderão te ajudar.
E agora, vamos à limpeza! 


Gostei do texto! Tirei do Incrível.club.


segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Príncipes de barba

Adorei essas ilustrações dos príncipes da Disney com e sem barba! O normal deles é sem barba e todos, sem exceção, ficaram melhores com barba!
Mas eu sou suspeita pra falar mesmo, porque eu acho que barba deixa qualquer, Q U A L Q U E R homem MUITO mais bonito! Não conheço e não vi até hoje nenhum homem que fique melhor sem barba, do que com.
Eis a prova de que a barba transforma qualquer príncipe em um homem de verdade:

Príncipe Eric - A pequena sereia



Príncipe Felipe - A bela adormecida



Fera - A bela e a fera



Príncipe Naveen - A princesa e o sapo



Aladdin - Aladdin



O Príncipe - Branca de neve e os sete anões



Príncipe Encantado - Cinderela



Flynn Rider - Rapunzel



John Smith - Pocahontas



Lee Zhang - Mulan





♥ Sempre !